Mulheres veganas têm maior resistência física, diz estudo de universidade do Canadá

Pesquisadores de Quebec compararam o desempenho de mulheres veganas e carnívoras. "Os resultados contradizem a crença popular", dizem.

Um grupo de pesquisadoras na Universidade de Quebec, no Canadá, publicou um estudo que mostra que mulheres veganas apresentam maior resistência física do que as que consomem carne. O estudo foi realizado com 56 mulheres e publicado na revista European Journal of Clinical Nutrition.


A pesquisa contou com a participação de 28 mulheres veganas e 28 que consomem carne ao menos três vezes por semana. Todas as participantes eram jovens, fisicamente ativas e tinham baixo índice de massa corpórea. Por isso, não há conclusões sobre os efeitos das dietas em outros grupos.


Dentre as mulheres observadas, porém, não foi notado menor desempenho físico por parte das veganas, que era o questionamento inicial. “Na verdade, nosso estudo mostrou que a resistência máxima pode ser melhor em veganos em comparação com onívoros. Portanto, esses achados contradizem a crença popular da população em geral”, afirmam os pesquisadores Guy Hajj Boutros, Marie-Anne Landry-Duval, Mauricio Garzon e Antony D. Karelis.


As participantes foram submetidas a provas de resistência física, como pedalar até a exaustão em bicicletas ergométricas. Embora o grupo vegano tivesse uma média de idade maior, as mulheres conseguiram pedalar por mais tempo, o que significa uma maior resistência aeróbica.


Não há uma razão específica para os resultados, mas os pesquisadores acreditam que o melhor desempenho das mulheres veganas esteja relacionada a um maior consumo de carboidratos, que favorece a energia nos músculos, e um menor consumo de gorduras. Pessoas veganas também tendem a ter baixos níveis de estresse oxidativo e inflamação, em comparação a quem come produtos de origem animal.


Fonte: Portal Veg

2 visualizações

©2019 por Ogro Vegano®.